Airton Costa lança candidatura a deputado

Secretário do PMB, Diego Vilas Boas, Dr. Airton Costa e o presidente estadual Jaime Fusco

O advogado e presidente do PMB (Partido da Mulher Brasileira) Airton Costa, anunciou sua candidatura a deputado, porém ainda não definiu se a federal ou estadual, o que segundo ele depende da negociação com outros candidatos e partidos. “Estamos abertos a conversar com todos os candidatos para fazer dobradas buscando o melhor para a população”, destaca o político que ficou conhecido pela origem humilde, que se formou advogado.

Costa relata que “atende a um pedido do povo” para lançar a candidatura e que obteve apoio também do seu grupo para lançar-se na empreitada. “Estamos avaliando se o melhor será lançar candidatura a federal ou estadual, pois o Brasil clama por renovação, querendo gente nova que realmente trabalhe pelos interesses da população”, justifica.

No último pleito, em 2016, o PMB esteve no arco de alianças do então candidato a prefeito derrotado no segundo turno, Wagner Feitosa, o Vaguinho do Conselho (PRB) e durante o período de campanha se colocou como oposição ao prefeito Lauro Michels (PV).

Engrossando o coro contra o verde na segunda fase do pleito também estava o PT, que administrou a cidade seis vezes. Apesar do posicionamento de um ano e alguns meses
atrás, Airton Costa garante que manterá diálogo com todos os partidos, do governo à oposição. “Vamos conversar com todos candidatos da região que tenham a mesma linha de pensamento nossa, sejam do PSB, PV, PRB ou PT. Estamos abertos a conversar com todos”.

O compromisso que pode nascer destas conversas não será apenas político, será programático também, garante Costa. “Não importa se é com Lauro ou com Vaguinho, desde que tenha o projeto de defender o povo, de fazer o bem, proporcionar renovação, combater a corrupção e que não faça do mandato um cabide de emprego, poderá ter nosso apoio”, analisa.

O advogado afirma que já tem apoio do presidente estadual do PMB Jaime Fusco e do secretário estadual da sigla, Diego Vilas Boas. Costa é pós-graduado em Direito do Trabalho e foi conselheiro tutelar.