Arte-educador do Instituto Matéria Rima participa da Break The Floor

Diadema, SP – Um dos responsáveis pelas oficinas de danças urbanas do Instituto Cultural e Educacional Matéria Rima, o bboy e arte-educador Gilson Silva de Jesus, mais conhecido como Cidinho, vai representar a América Latina na Break the Floor, competição que será realizada a partir do dia 20 de janeiro, em Cannes, França, e é considerada a mais importante no calendário mundial de eventos ligados à dança break.

Além de atuar como arte educador do Matéria Rima, Cidinho integra a equipe Unity Warriors, que reúne 10 grandes bboys – como são conhecidos os dançarinos de break – da Grande São Paulo e do litoral paulista. A crew, como esses coletivos são conhecidos no mundo do hip hop, recebeu o convite para participar da Break the Floor após conquistar importantes campeonatos de breaknacionais, e também a 1ª edição da Break The Floor América Latina, realizada em Manaus, em outubro de 2016.

Ao lado do grafite e do rap, a dança break é um dos três elementos do hip hop. O break tem esse nome pois seus primeiros praticantes dançavam na “quebrada” da música, isto é, nas batidas que os djs criavam colando as faixas do vinil.

Tendo como base a cultura hip hop, o Matéria Rimadesenvolve oficinas socioeducativas em 16 escolas da rede municipal de Diadema, atendendo mais de 1000 alunos. Além do trabalho pedagógico com danças urbanas, o Instituto oferece oficinas de grafite, rima e discotecagem.

O Matéria Rima surgiu em 2002 e se institucionalizou em 2014. Por meio do Programa Cidade na Escola, desenvolvido pela Secretaria de Educação de Diadema, desde 2013 leva à rede municipal de Diadema um projeto referência em educação integral no Brasil.

Em 2015, em parceria com a escola Sagrado Coração de Jesus, o Matéria Rima ganhou o prêmio regional e nacional Itaú-Unicef “Educação Integral: Aprendizagem que Transforma”.

Com a proposta de baixar os muros das escolas, aproximando-se e tornando-se parceiro dos gestores, o Matéria Rima atua para que os alunos compreendam, por meio de vivências artísticas e lúdicas, articuladas às matérias curriculares e aos temas transversais, que são protagonistas do processo educativo e, por isso, responsáveis pelo espaço escolar.

Como facilitador do ensino e aprendizagem, o projeto tem alcançado resultados positivos. Além de contribuir para elevar o Ideb das escolas atendidas, o trabalho do Matéria Rima tem aproximado as famílias do ambiente educativo e elevado a autoestima dos alunos, desenvolvendo as suas capacidades sociopsicológicas, como resiliência, perseverança, empatia, habilidade para trabalhar em grupo e aprender com os seus erros.

Além de levar oficinas semanais às escolas, o Instituto atende em sua sede (B.A.S.E), estendendo as vivências socioeducativas sobretudo às crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social. Assim, vai cumprindo o seu principal objetivo: inovar a educação, mostrando o poder que ela tem de agregar, empoderar, transformar e libertar o ser humano.