Bombeiros resgatam homem que ameaçava pular de uma torre

_DSC0168O rapaz tinha amarrado uma corda na estrutura da torre, e pretendia passar no pescoço e tentar se matar. Ele resistiu e teve que ser contido pelos bombeiros, que tiveram bastante trabalho com o sujeito

Elias Lubaque 

Foi na manhã de hoje, quinta-feira (26), por volta das 11h, na Rua dos Rubis, 139 – centro, onde fica localizado uma torre de telefonia. Uma equipe com três viaturas e 11 homens do Corpo de Bombeiros, e mais 2 viaturas com 4 policias da PM, foram até o local atender a ocorrência.

Chegando no local a equipe do Corpo de Bombeiros encontraram o homem já no topo da torre, ele gritava muito e estava bastante alterado. Então começaram a escalada para resgatar o cidadão.

Segundo o 1º Tenente André Silva Pinto, do Corpo de Bombeiros, quatro dos seus homens subiram para tentar o primeiro contato com o sujeito, que logo resistiu, e não queria um diálogo com os agentes. “Não teve outra saída se não conter o o rapaz, ele resistiu a todo momento uma conversa ou a desistência de sair de lá pacificamente. Então os agentes conseguiram mobilizá-lo e o resultado foi positivo, salvando a vida dele que estava em primeiro lugar”.

Para descer o rapaz foi usado uma cadeirinha, que os bombeiros chamam de “Cabo da Vida”, amarrado em uma corda os _DSC0145bombeiros foram fazendo a descida orientada, sem risco para o homem e os bombeiros.

Quando parecia tudo resolvido, o homem já estava em terra firme, ele se solta e sai correndo, e aos gritou ele dizia: “vou te pegar”. O bombeiros tiveram mais trabalho para contê-lo. O rapaz se acalmou e delirando dizia: “Se for para balada eu vou pegar ele, ele não vai”. Alterado foi imobilizado, colocado na maca e levado para o hospital.

Não é primeira vez que acontece no mesmo lugar o ocorrido de hoje, na Rua dos Rubis, e as autoridades nada pode fazer.” É uma propriedade particular que ele invadiu sem interesse nenhum criminal. Entrou e saiu, não tem crime”, comentou o advogado Dr. Thomas Koppe.

O resgate durou  cerca de 3h30.

Local onde esta a torre

Um lugar vulnerável, muito fácil de entrar, segundo moradores raramente aprece alguém responsável para cuidar do local. Abrem ficam cerca de 10 minutos e vão embora. A facilidade de entrar é tamanha que por duas vezes um outro homem fez por duas vezes.A redação do Diadema News tentou falar com algum responsável pelo local, mas não houve resposta e nem retorno.

750850