Imóvel na esquina mais valorizada do Centro de Diadema está abandonado há 15 anos

Mesmo cercado, prédio do antigo Banespa tem acúmulo de lixo, ratos e vizinhos relatam muitos mosquitos no entorno da Praça Castelo Branco, em pleno centro comercial

Ninguém sabe quem é o dono do prédio de três pavimentos na esquina da avenida São José com a Praça Castelo Branco, no Centro de Diadema.

Uns dizem que é herança de família, cujos herdeiros brigam na Justiça, outros relatam que uma grande loja seria a dona do imóvel, mas tudo é especulação, o fato é que o prédio que abrigou o antigo Banespa, está abandonado há cerca de 15 anos, causando muitos problemas aos vizinhos.

A reportagem do Diadema News esteve no local e, pelas frestas da cerca metálica, mostrou a razão da preocupação dos comerciantes vizinhos; muito lixo, mato e garrafas vazias, ambiente propício para criadouros de mosquitos e outras pragas urbanas como ratos e baratas, isso sem falar na desvalorização dos imóveis vizinhos. “É só começar a chover que você vê corrida de rato em plena praça. E mosquito então, ninguém aguenta tantos por aqui”, relatou à reportagem um comerciante que não quis ser identificado.

Outro empresário do Centro disse que muitas pessoas aproveitam as frestas na cerca para jogar lixo. A prefeitura foi indagada sobre a situação do imóvel, mas até o fechamento desta edição não respondeu se o imóvel tem dívidas com a municipalidade. Contrariando
o que dizem os comerciantes, disse que desde 2010 não há queixas sobre a limpeza do terreno. “Agentes fiscais do Departamento Municipal de Limpeza Urbana, realizam vistorias
regulares para as medidas cabíveis”, informou a administração em nota.