Moleque Travesso é campeão invicto da Super Copa Pioneer 2017

A Zona Sul viveu no dia (09/04) a grande final da Super Copa Pioneer de Futebol Amador 2017. O Moleque Travesso do Jardim Planalto venceu a equipe do Jardim Regina de Pirituba por 1 a 0 e sagrou-se campeão da competição e mais, de forma invicta.

Por Eduardo Lima e Marcelo Costa Santos

Em campo estavam os times da Zona Leste e Zona Oeste, de olho na orelhuda da Champions League da Várzea. A várzea parou, torcedores de todas as quebradas dividiram os espaços lotados com a torcida de ambas as equipes em festa.

Como toda final, o jogo foi nervoso, truncado, muita ansiedade de ambos os lados. Aos três minutos saiu um gol impedido para o Moleque Travesso.

Até os 16 minutos do primeiro tempo nenhum lance mais perigoso. Pelo lado do Regina uma baixa, o ótimo atacante Pezão, jogou no sacrifício, mas sentiu a panturrilha logo no início e teve que dar lugar a Rogério ainda no primeiro tempo.

O Moleque tinha maior posse de bola e mostrava-se mais coeso em campo. O Jardim Regina se defendia e esperava o adversário tentando encaixar um contra golpe.

As “torres gêmeas” do Moleque Travesso, Jô e Nigéria não estavam funcionando e os laterais Marquinhos e Matheus eram a todo momento acionados. No Jardim Regina, Felipinho era o que mais lutava, mas uma andorinha só não faz verão.

Para não dizer que não houve nada no primeiro tempo, a melhor chance saiu aos 40’ para o Regina. Passe de Venilson e Muca chutou da ponta esquerda e a bola saiu perto.

O negócio era esperar o segundo tempo, mas o respeito entre as equipes continuou. O Regina na verdade veio diferente no segundo tempo e agrediu mais.  Mas a dupla de zaga do Moleque, Didi e Zila, como sempre estava entrosada e fechada. E na zaga do Regina Alemão também era um monstro e rasgava tudo.

O Regina teve um bom lance aos 25 minutos, Rony cobrou uma falta de longe mas o goleiro Michel firme encaixou em pé. Aos 30 o Moleque respondeu, Jô arriscou da lateral direita, bola rasteira e o goleiro Vitor caiu na pequena área pra pegar.

Tudo dava uma pinta de um zero a zero, mesmo o Regina tendo maior iniciativa. Faltavam cinco minutos pro fim,  um detalhe e um erro a essa altura poderia ser fatal. Pois é minha gente e foi o que aconteceu aos 37 minutos jogados. Lobinho no meio campo tocou pra trás na fogueira para Rogério, Douglas tomou e saiu em disparada. Entrou na grande área e tocou na saída do goleiro Vitor, que mergulhou e chegou a tocar de leve na bola, mas ela morreu no fundo da rede.

Aí ficou muito difícil pros guerreiros do Regina virarem, faltando somente três minutos. Ainda teve um acréscimo, onde o atacante Baixinho do Regina pegou uma bola na ponta grande área, mas chutou pra fora. E ficou assim, 1 a 0 e o Moleque Travesso campeão da Super Copa Pioneer 2017.Festa nas arquibancadas, alegria e um título inédito para o time do Jardim Planalto, a orelhuda e os R$ 30.000,00 foram para os travessos moleques!

O troféu de artilheiro ficou com Baraúna do São Carlos de Guaianases e o goleiro menos vazado foi Washington do Real Primavera do Parque Primavera.

Fonte: futeboldaquebrada