Por meio do Programa Mais Médicos, UBSs de Diadema recebem seis clínicos gerais

Formados em países como Bolívia e Rússia, os profissionais completarão as 96 equipes de Saúde da Família, segundo o secretário municipal de Saúde

Por Marina Costa

Neste mês de outubro, seis Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de Diadema receberam, por meio do programa federal Mais Médicos, seis clínicos gerais que atuam nas unidades Jardim ABC, Inamar, Nogueira, Paulina, Ruyce e Serraria, e também integram as equipes do Saúde da Família (SF). Os médicos chegaram à cidade no início do mês, e escolheram seus locais de trabalho no dia 5 de outubro, em visita às Unidades. Ao todo, com os recebidos, o município conta com 11 profissionais, formados em países como Bolívia e Rússia, do programa.

Luís Cláudio Sartori, secretário municipal de Saúde, ressalta os benefícios ao município, e também à formação dos clínicos: “A Secretaria de Saúde está alinhada à Política Nacional de Atenção Básica do Brasil, e contribui com a formação e qualificação de bons médicos para a Atenção Básica. Outro ponto importante diz respeito à cobertura no município: com a chegada dos novos médicos, as 96 equipes de Saúde da Família da cidade estão completas”.

Para integração do SF, 125 Agentes Comunitários de Saúde (ACS) foram contratados no mês de junho. O trabalho dos aproximadamente 500 agentes, cujo atendimento cobre 98% da população, é essencial como ponte entre o cidadão e a UBS. Para Douglas Schneider, as contratações também são importantes para motivar a equipe: “Vamos reunir a experiência e sabedoria dos que já atuam na cidade, e a renovação e energia dos que chegam”. O programa Saúde da Família oferece orientações de saúde, de cuidados, prevenção e controle de doenças, além de consultas médicas, odontológicas, e de enfermagem, com a realização de curativos e distribuição de medicamentos, visando a qualidade de vida.