USCS dá início (27/03) à terceira edição do projeto Expedição Billings

O projeto realiza um raio-X do reservatório por meio de coleta e análise de toda a sua extensão, dividida em 165 pontos. Além dele, estão previstas, ainda em 2017, as análises da represa de Guarapiranga e dos rios Pinheiros e Tietê.

Na próxima segunda-feira, (27/3), data que marca os 92 anos da Represa Billings, tem início a terceira edição do projeto Expedição Billings. A ação, que acontece às margens da Prainha (Riacho Grande) a partir das 8h, é uma iniciativa da Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS), por meio do projeto IPH (Índice de Poluentes Hídricos). O evento busca contar com autoridades, principalmente da área de meio ambiente, membros da comunidade acadêmica e comunidade em geral.

O Expedição Billings é parte de uma grande ação da USCS, denominada Expedição Mananciais, que consiste em colher amostras de toda a extensão de represas e rios, realizando estudos para conhecer a atual situação de cada um deles e, a partir daí, transmitir as informações obtidas a gestores públicos e população.
A ação terá início às 8h da manhã, com a presença do eco-esportista e parceiro no projeto Dan Robson, que, na oportunidade, iniciará suas atividades de coleta, marcando o início da Expedição. Além disso, estão previstos atendimentos de saúde à população local e uma análise simplificada da água da represa.

Para a bióloga e coordenadora do projeto IPH/USCS, a ação busca sensibilizar a sociedade civil e o poder público para as questões do saneamento. “Nos últimos anos, conforme nossos estudos, a situação da água de nossas represas e rios não tem melhorado, tanto pela falta de políticas habitacionais, mantendo moradores às margens da represa, quanto em função do desmatamento pois, ao perder vegetação, perde-se a capacidade de recarga de água dos reservatórios”, explica.

Sobre o projeto

O projeto IPH/USCS visa realizar um raio-X dos reservatórios da região e SP, a fim de transmitir estas informações para a população e gestores públicos, no sentido de promover e incentivar a estes gestores a criação de políticas públicas para a preservação destes espaços e melhorar a qualidade de vida dos consumidores dessas águas. Atualmente, já estão sendo analisadas as amostras do rio Tamanduateí. As próximas expedições previstas são: represa de Guarapiranga (em maio) e os Rios Pinheiros e Tietê (segundo semestre).

SERVIÇO
Expedição Billings
27/3/17, das 8h às 11h
Prainha, Represa Billings

Presenças confirmadas de Marta Marcondes e Dan Robson. Está prevista a participação do prefeito de São Bernardo do Campo, Orlando Morando